Americana doa mais de 100 litros de leite materno

Sacos de armazenamento de leite Lansinoh cheios de leite

O site do jornal ABC News publicou, na semana passada, a história de uma mãe do Estado de Wisconsin nos EUA que doou mais de 100 litros de leite materno para ajudar bebês que precisam ficar na unidade de terapia intensiva neonatal.

 

Amy Bormann é mãe de dois meninos, Greyson de 1 ano e Garret de 3, e contou ao jornal que estava amamentando seu filho mais novo quando se deu conta que tinha dois freezers cheios de leite materno armazenado. Como ela ainda não queria parar de dar o leito no peito para o bebê e também não queria perder todo o leite congelado, ela teve a ideia de compartilhar seu precioso estoque e perguntou a uma consultora de amamentação sobre como doar. “Eu trabalhei em uma UTI neonatal e sei quão importante é o leite materno para bebês prematuros”, disse Amy.

 

Em todo o percurso de sua “jornada de amamentação”, como gosta de dizer, ela doou 109.5 litros para o Banco de Leite do “Aspirus Wausau Hospital”, na cidade de Wasau.

 

Amy Bornmann e filhos

Amy Bormann e seus filhos. Foto: Amy Bormonn

 

A consultora de amamentação Susan Lindekugel do centro obstétrico do “Aspirus Wausau Hospital” não conhecia a doadora e ficou muito grata: “Nós estamos sempre precisando de leite materno”.

 

Segundo Susan, 100 litros é uma doação muito grande. “A maioria das mães consegue de 60 a 150ml a cada extração, e extraem leite de 8 a 10 vezes por dia. É só fazer a conta”, diz ela.

Realmente, fazendo essa conta, uma mãe americana poderia conseguir cerca de 1 litro de leite por dia. A super mamãe da reportagem alcançou 100 vezes mais!

 

A consultora também explica o processo de aprovação da doação nos EUA, que é bastante simples: alguns documentos, testes feitos em laboratório e um atestado do pediatra dos filhos que garanta que não faltará leite materno para eles. “É um processo bem simples e eu gostaria que outras mães que tenham leite extra também doassem. Vale muito a pena.”

 

Sacos de armazenamento de leite Lansinoh cheios de leite, doados por Amy

Foto que Amy Bormonn tirou de uma típica doação de leite materno. Foto: Amy Bormonn

 

Leite armazenado

O porta-malas do carro de Amy Bormonn, a caminho da doação. Foto: Amy Bormonn

 

É importante saber que aqui no Brasil as regras de doação são um pouco diferentes. Segundo o site da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano / FioCruz o leite só pode ser doado em frascos de vidro com tampa rosqueável, como de maionese ou café solúvel. O tempo de armazenamento recomendado aqui também difere do indicado nos EUA. Vale a pena consultar o banco de leite de sua cidade e o site da FioCruz para mais informações.

 

Para conhecer mais sobre os saquinhos de armazenar leite utilizados pela mamãe da reportagem, clique aqui.

 

 

Esta notícia foi originalmente publicada no site ABC News, e traduzida e comentada por nós. 

(*) Campos obrigatórios