O Prazer de amamentar

Por aqui já são 16 meses de amamentação em livre demanda, Sofia faz todas as refeições mas
não abre mão do seu tetezinho. As pessoas vivem me perguntando, até quando? Tem
nutrientes ainda? Ou afirmando: ah mas não serve mais para nada!!! E eu fico como?


Chateada!! Elas fazem esse tipo de pergunta porque não sabem a importância do leite
materno, falta informação! Amamentar é de toda a minha experiência materna o que me faz
sentir mais poderosa, o prazer que eu sinto ao amamentar é indescritível! Saber que posso
oferecer um leite sem aditivo nenhum e cheio de vitaminas, nutrientes e AMOR é surreal. Mas
respondo sempre as perguntas:


Até quando pretende amamentar?


Até quando eu e Sofia sentirmos que deu, que nossa missão foi cumprida e que ela não precisa
mais do Tetê para sentir o aconchego da mamãe. A OMS recomenda até os dois anos, então
vamos seguindo firmes! Firmes? Nem sempre, às vezes mamãe fica exausta, às vezes quer
desistir pelo cansaço, mas logo passa! E todo o carinho que o momento proporciona, toma o
coração novamente e seguimos em frente.


Tem nutrientes ainda? ou não serve mais!! Respondo:


Tem, e muito! Muito mais nutrientes do que qualquer leite. Além de muitas vitaminas, ele
hidrata e serve como um aliado muito forte ao combate de doenças. O corpo da mãe cria
anticorpos para a doença do bebe, existe coisa mais incrível que isso!? Desconheço!!! O leite
da mãe é maravilhoso e sempre será a melhor opção.


Quando vem o prazer de amamentar?


Amamentar nem sempre foi fácil para nós, os dois primeiros meses são muito complexos e
desafiadores... bicos machucados, muita produção, mastite, pega correta... é para enlouquecer
qualquer mãe. Até as 35 semanas de gestação eu não tinha ideia de como era amamentar, eu
achava que seria muito natural e fácil. Até que resolvi buscar informações em cursos, vídeos e
sites e pude me dar conta das dificuldades que enfrentaria. E realmente enfrentei, mas ter
informação e pessoas capacitadas como uma consultora e uma enfermeira chefe muito
amorosa me ajudaram nesse longo caminho que hoje chega aos 16 meses. Hoje sinto prazer
enquanto amamento... mas a informação nos possibilitou tudo isso e fez com que esse
momento fosse nada mais além de prazeroso e fonte inesgotável de amor!

Tags:

(*) Campos obrigatórios