Os seios mudam após a amamentação?

Os-seios-mudam-após-amamentação-lansinoh-brasil

Pensei bastante antes de escrever sobre esse assunto. Queria muito falar sobre isso, mas o medo era de que confundissem e encarassem como um desestímulo à amamentação. Jamais! Amamentei minha filha, faria de novo e incentivo todas as mulheres que conheço a fazerem o mesmo. Mas vamos falar desse assunto que incomoda a muitas mulheres?

Ter um filho com certeza é a experiência mais incrível da vida, e amamentar faz parte disso. Lembro de ficar ansiosa para ir ao pediatra e descobrir se Ana tinha ganhado peso no último mês. Ficava tão orgulhosa ao saber que ela estava engordando e ficando forte só com o leite materno, com o meu leite!

Não sou daquelas que acha a gravidez algo mágico. Pelo contrário, não gostei nada dos efeitos colaterais. Mas adorei amamentar. Era o momento em que podia me fechar no quarto sozinha com ela. Lembro de sentir uma paz tão grande: conseguia pensar em tudo o que estava acontecendo e em como nosso corpo é perfeito.

Bom, mas é claro que antes de ter uma filha já tinha ouvido falar no quanto os seios mudam após a gravidez. E isso sempre foi motivo de preocupação nas rodinhas de amigas. Tanto que o comentário “vou colocar silicone depois, com certeza”, já era uma frase bastante corriqueira.

Pesquisando sobre o assunto, descobri que isso é um fator genético! Ou seja, observe sua mãe. Se os peitos dela ficaram flácidos após a amamentação, você tem grandes chances de seguir o mesmo caminho. Porém, o impacto é diferente em cada mulher.

Diferente do que muitas falam, o tempo de amamentação não interfere na aparência. É mito! O que causa a principal mudança na pele é o fato das mamas encherem bastante nos primeiros meses. É nesse período que a produção de leite ainda não está adequada à quantidade que o bebê necessita. A pele acaba esticando e, por causa disso, acontece a dificuldade de voltar exatamente ao que era antes. É por isso também que o número de gestações é outro fator que pode acabar influenciando na aparência dos seios.

O seio também pode diminuir de tamanho após a amamentação devido às glândulas mamárias que diminuem quando termina este período. Por outro lado, se a mulher estiver acima do peso, eles podem aumentar.

Redescobrindo nosso corpo:

Sinceramente? A impressão que tenho é de que ganhei um novo corpo depois da gravidez. Muitas coisas mudaram. Para melhor e sim, para pior também. Ganhei uma cicatriz na barriga, emagreci muito, muito mesmo. Estou mais branca do que nunca, a pele mais flácida e com certeza meus seios estão diferentes.

Já ouvi mulheres dizendo que estão iguais. Outras, assim como eu, se sentindo completamente diferentes. O fato é que a maternidade chega para cada uma de maneira diferente. Você só vai saber depois de engravidar. 

Minha dica é: não se baseie em outras experiências. E o mais importante, não tenha medo de ter um filho por causa das mudanças no corpo. A maternidade vai além, muito além da beleza. A vaidade é atropelada por um amor tão grande, que não tem nem chances de se tornar o fator mais importante.

Hoje olho para o meu corpo e sinto orgulho. São marcas de uma vida. Marcas de ter gerado uma outra vida. E isso não tem preço. As pessoas só vão te admirar se você estiver bem com você mesma, se você aceitar essa nova pessoa. Porque sim, você não mudou só por fora, mas principalmente por dentro! Que coisa boa ser mãe. E está só começando!

Mamãe - 28/06/2018

Eu tbm estou emagrecendo muito cm a amamentação bem o pior são as pessoas que vêm me visitar e parece que nem reparam na criança ou no quanto me esforço pra amamentar exclusivamente. Meu bebê tem 2 meses e já dobrou o peso que nasceu. Me sinto muito mal com os comentários de que não estou comendo, ou que preciso comer melhor. Eu me alimento muito bem,mas o bebê consome tudo. Não sei o que fazer. Alguém passou por experiência parecida e poderia ajudar?

(*) Campos obrigatórios